Proibição do uso da cama de frango na alimentação dos animais

De acordo com a Instrução Normativa nº 8 de 25/03/2004 do MAPA é proibida em todo o território nacional a produção, a comercialização e a utilização de produtos destinados à alimentação de uminantes que contenham em sua composição proteínas e gorduras de origem animal. 

 

A cama de frango é um material composto principalmente de palha de arroz, serragem, e juntamente com fezes, urina, restos de ração e penas que se misturam caracterizando um produto de origem animal, sendo este proibido na alimentação de outros.

 

Caso um animal saudável consuma esses alimentos, o mesmo pode causar algumas doenças tais como Botulismo e a Encefalopatia Espongiforme Bovina, conhecida como doença da ‘’Vaca Louca’’. Além das doenças a cama de frango ainda pode conter insenticidas e resíduos de antibiótico, onde este resíduo pode contaminar o produto final, seja carne ou leite, causando ainda mais um problema ao sistema produtivo. 

 

Apesar da utilização desde material ser proibída desde 2011 ainda corremos o risco de nos deparar com esta situação, cabe a nós buscarmos formas de levar este regulamento a conhecimento de todos, e aos órgãos responsáveis a fiscalização e aplicação das penalidades previstas na lei, que vão de prejuízos econômicos (multas) ou até mesmo o sacrifício de rebanhos inteiros.

 

Luiz Paulo Honório Gonçalves
Supervisor de Projetos e Qualidade
CCPR/ITAMBÉ